Tempo estimado para leitura deste texto: 1 minuto

SÃO PAULO (Reuters) – Os pedidos de recuperação judicial no Brasil em agosto (2017) subiram 25,5 por cento em relação ao mesmo período de 2016 e 33,3 por cento ante julho, mostraram dados da Serasa Experian nesta segunda-feira (04 de set de 2017).

Entre 172 solicitações feitas no mês passado, 100 foram por micro e pequenas empresas, 50 por companhias de médio porte e 22 por grandes corporações, de acordo com o levantamento.

O levantamento ainda apontou 165 pedidos de falência no país em agosto, aumento de 2,5 por cento sobre o mesmo período do ano passado e de 5,1 por cento na comparação com julho. As micro e pequenas empresas também lideraram essas solicitações, com 95 requerimentos.

Economistas da Serasa Experian avaliaram a alta do número de pedidos de recuperação judicial em agosto como um “movimento pontual e esporádico”, não refletindo uma reversão na tendência de queda observada até agora em 2017.

Nos acumulado de janeiro a agosto, foram registrados 986 pedidos de recuperação judicial e 1.151 de falência, quedas de 20,2 por cento e 5,6 por cento, respectivamente, em relação ao mesmo período do ano passado.

Esse texto foi classificado em nossa seção: Acontece
Você pode pesquisar mais sobre o tema desse artigo utilizando a(s) Tag(s): ,